• Radar Parlamentar - Analisando votações parlamentares com dados abertos

  • Radar Parlamentar: Entrega contínua com software livre

    • Palestrante: Diego Rabatone Oliveira, Haydée Svab, Leonardo Alexandre Ferreira Leite
    • Tags: FISL 16
    • Info: Muitos projetos de software livre são mantidos por comunidades de voluntários, sem o financiamento de grandes organizações. Com poucos desenvolvedores, desperdícios de esforços devem ser evitados.

      A manutenção da infraestrutura pode chegar a consumir muito recurso humano em determinados contextos, e todo desenvolvimento demanda alguma alguma alocação de recurso dessa ordem para a atualização do sistema em produção. Porém, por questões de segurança, normalmente poucos contribuidores possuem acesso à infraestrutura de produção. Assim, quando um contribuidor entrega uma nova funcionalidade, pode decorrer um longo intervalo de tempo até que quem tenha acesso à infra tenha também a disponibilidade para transferir o valor entregue ao ambiente produtivo.

      A entrega contínua de software se baseia na automação de um fluxo no qual cada commit dispara uma bateria de testes e a implantação das mudanças recebidas. Desta forma, cada contribuição no código-fonte pode ser automaticamente entregue em produção sem intervenção humana, uma prática que pode ser muito valiosa para que os esforços da comunidade sejam imediatamente aproveitados pelos usuários finais. Outra vantagem é que colaboradores que antes se dedicavam muito à gerência da infra possam voltar para as atividades de desenvolvimento que agreguem o valor ao software.

      Para implementar um fluxo de entrega contínua, primeiro, é preciso um bom conjunto de testes automatizados para que a aplicação não quebre em produção devido a mudanças indevidas. Depois, é preciso desenvolver scripts automatizados capazes de implantar todo o sistema em um novo ambiente.

      Nessa palestra pretendemos expor nossa experiência na implementação de um fluxo de entrega contínua na aplicação Radar Parlamentar. Mostraremos as ferramentas utilizadas, todas livres, para a automação do processo de implantação do sistema no ambiente produtivo. Contaremos as dificuldades encontradas e apontaremos algumas outras alternativas às nossas escolhas.
  • Visualizando votações legislativas com o Radar Parlamentar

    • Palestrante: Diego Rabatone Oliveira, Haydée Svab, Leonardo Alexandre Ferreira Leite
    • Tags: FISL 16
    • Info: O Radar Parlamentar é um aplicativo que ilustra as semelhanças entre parlamentares com base na análise matemática dos dados de votações que ocorrem numa casa legislativa. As semelhanças são apresentadas em um gráfico bidimensional, em que círculos representam partidos ou parlamentares, e a distância entre esses círculos representa o quão parecido os mesmos votam. Dessa forma, o cidadão pode compreender melhor a conjuntura política da casa legislativa, verificando quais parlamentares e partidos possuem mais afinidades entre si. Todas essas análises são construídas com dados abertos disponibilizados pelas próprias casas legislativas (Câmara dos Deputados, Senado e Câmara Municipal de São Paulo).

      Nessa palestra iremos apresentar:
      * As funcionalidades do Radar e interpretações de seus gráficos;
      * Alguns detalhes internos de implementação, como os métodos matemáticos empregados;
      * A dinâmica da comunidade de contribuidores do Radar;
      * Problemas e desafios encontrados no caminho;
      * Planos para o futuro.